Comunicado diocesano sobre atuação paroquial em bandeira preta

Postado em: 23/02/2021

COMUNICADO OFICIAL
DOM JOSÉ GISLON,
OFMCap,
por Mercê de Deus e da Santa Sé Apostólica Bispo Diocesano de Caxias do Sul,

considerando a mudança de classificação da região da Serra Gaúcha para “bandeira preta”, determinada pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul na data de 22 de fevereiro do corrente, e considerando a permanência do sistema de “co-gestão”, que permite aos municípios da região adotar os protocolos da “bandeira vermelha”, de acordo com o Modelo de Distanciamento Controlado adotado no Estado, para conter o avanço da pandemia da Covid-19 (Coronavírus), DECRETA as seguintes medidas, para as Paróquias, Comunidades, Pastorais e Movimentos eclesiais do território da Diocese de Caxias do Sul:
1) Missas, cultos e demais celebrações poderão ser realizadas com o limite de ocupação de 30 pessoas ou 20% da capacidade do local. Ocupação intercalada de assentos, respeitando distanciamento mínimo de 1m entre pessoas e/ou grupos de coabitantes. Obrigatória a utilização de máscaras, disponibilização de álcool em gel, higienização dos bancos das igrejas e demais protocolos já explicitados nos decretos anteriores (Cf. Decreto Estadual Nº 55.644, de 14 de dezembro de 2020).
2) Os Sacramentos do Batismo e Matrimônio podem ser celebrados seguindo os mesmos protocolos.
3) Todas as celebrações, bem como o atendimento ao público nas secretarias paroquiais e outros serviços afins nas paróquias e organismos das Diocese deverão cessar às 20h.
4) A Catequese de forma presencial e demais atividades pastorais que envolvam aglomeração de pessoas ficam suspensas temporariamente.
5) Os Sacramentos da Penitência e da Unção dos Enfermos, a visita aos idosos e doentes, e a celebração dos funerais observem as orientações pastorais emitidas nos comunicados anteriores.
6) A circulação das Capelinhas da visita domiciliar de Nossa Senhora fica suspensa temporariamente.
 7) As atividades esportivas nos ginásios, quadras, canchas de esportes e campos abertos, em espaços alugados a terceiros, deverão cumprir os protocolos previstos no decreto estadual. As paróquias e comunidades que não possuem esse tipo de locação ou terceirização devem manter suspensas tais atividades, bem como festas, eventos e outras atividades de lazer, recreação, jogos, bares e quaisquer outras situações que envolvam aglomeração de pessoas nos salões paroquiais e comunitários da Diocese. Estão autorizados apenas eventos organizados no modelo “drive thru”, “delivery” ou “pague e leve”. O presente decreto diocesano entra vigor na data de hoje e é válido até quando perdurar a classificação de “bandeira preta”, bem como o sistema de “co-gestão”, para a região da Serra Gaúcha. Pela intercessão de Nossa Senhora de Caravaggio, Mãe, Rainha e Padroeira de nossa Diocese, invoco sobre todos as bênçãos divinas de saúde e paz.
Dado e passado em nossa Cúria Diocesana, sob o sinal do nosso selo.
Caxias do Sul, 23 de fevereiro de 2021.